ÍNDICE DA REVISTA BRASILEIRA DE FILOSOFIA

CABALLERO, Alexandre.
O ser-em-si e o ser-para-si.  v. 18, n. 71, p. 277-297, jul./set. 1968.
“O princípio de indução completa”.  v. 21, n. 84, p. 426-432, out./dez. 1971.
“O circulo a fortiori”.  v. 24, n. 96, p. 474-477, out./dez. 1974.
As três condições necessárias e suficientes de validade da conseqüencia.  v. 28, n. 111, p. 318-326, jul./set. 1978.

CALDANI, Miguel Angel Ciuro.

1)  Carlos Cossio y Werner Goldschmidt : in memoriam.  v. 37, n. 149, p. 3-8, jan./mar. 1988.

CÂMARA, Leônidas.

1)  Vitória e derrota em Fernando Pessoa.   v. 35, n. 141, p. 62-71, jan./mar. 1986.

CAMPOS, Astério.

1)  Qua há com a filosofia no Brasil ?  v. 22, n. 85, p. 42-54, jan./mar. 1972.

CAMPOS, Carlos da Silva.

1)A relação de semelhança.  v. 2, n. 3, p. 516-522, jul./set. 1952.
2) O problema da negação no pensamento idealista.  v. 3, n. 3, p. 477-500, jul./set. 1953.
3) Da causalidade.  v. 4, n. 2, p. 198-208, abr./jun. 1954.

CAMPOS, Elisabete Gabriela Castellano.

1)  O corpo como organismo biológico.  v. 41, n. 171, p. 306-309, jul./set. 1993.

CAMPOS, Fernando Arruda.

Moral e arte.  v. 13, n. 50, p. 274-279, abr./jun. 1963.
Grandeza e miséria da pessoa humana.  v. 17, n. 65, p. 36-41, jan./mar. 1967.
Uma disputa escolástica no século XVIII.  v. 17, n. 66, p. 203-208, abr./jun. 1967.
Considerações sobre “a filosofia moral”de Jacques Maritain.  v. 18, n. 71, p. 311-322, jul./set. 1968.
A influência da escolástica no tratado de direito natural de Tomás Antônio Gonzaga.  v. 20, n. 78, p. 157-174, abr./jun. 1970.
Considerações sobre as cinco vias de Santo Tomás.  v. 21, n. 83, p. 323-329, jul./set. 1971.
A reflexão sobre o ser e o agir na filosofia de J. de Finance.  v. 22, n. 86, p. 139-158, abr./jun. 1972.
A reflexão sobre o ser e o agir na filosofia de J. de Finance.  v. 22, n. 87, p. 273-293, jul./set. 1972.
A reelaboração do tomismo no mundo de hoje : o pensamento filosófico de Joseph de Finance.  v. 24, n. 96, p. 418-455, out./dez. 1974.
O tomismo atual no diálogo com o marxismo a respeito do problema de Deus.  v. 26, n. 104, p. 411-426, out./dez. 1976.
Considerações sobre o “estudo do pensamento filosófico brasileiro” de Antonio Paim.  v. 30, n. 116, p. 432-438, out./dez. 1979.
Realismo marxista e realismo tomista. v. 30, n. 119, p. 297-305, jul./set. 1980.
Sartre e o tomismo: tentativa de um diálogo com a ontologia fenomenológica de Sartre.  v. 31, n 123, p 223-233, jul./set. 1981.
O movimento neotomista : suas origens e seu desenvolvimento.  v. 32, n. 128, p. 387-406, out./dez. 1982.
O tomismo de Jacques Maritain. v. 33 n. 130, p. 180-203, abr./jun. 1983.
Pulicações do Centro de Documentação do Pensamento Brasileiro.  v. 34, n. 134, p. 197-198, abr./jun. 1984.
A posição do tomismo no contexto da filosofia contemporânea.  v. 33, n. 136, p. 322-340, out./dez. 1984.
Posição do tomismo, na história do pensamento filosófico.  v. 35,  n. 144, p. 303-317, out./dez. 1986.
Pode um cristão ser marxista?  Considerações sobre uma obra de Urbano Zilles.  v. 36, n. 145, p. 47-52, jan./mar. 1987.
O problema do conhecimento de Deus.  v. 39, n. 158, p. 171-178, abr./jun. 1990.
O culturalismo de Miguel Reale.  v. 39, n. 167, p. 282-293, jul./set. 1992.
O Pe. Henrique Lima Vaz S.J. e a nova antropologia tomista.  v. 40, n. 168, p. 404-415, out./dez. 1992.
Stanislavs Ladusãns S.J. (1912-1993).   v. 41, n. 174, p. 137-138, abr./jun. 1994.
A filosofia de Joseph Maréchal : uma reelaboração do tomismo, a partir de Kant.  v. 42, n. 178, p. 179-188, abr./jun. 1995.

CAMPOS, Nilton.

1) A influência do pensamento do Wilhelm Dilthey na evolução da psicologia como ciência autônoma.  v. 9, n. 2, p. 180-189, abr./jun. 1959.

CÂNDIDO, A. Zeferino.

1)  O absoluto na filosofia positiva.  v. 5, n. 1, p. 111-115, jan./mar. 1955.

CANNABRAVA, Euryalo.

Filosofia como síntese reflexiva.  v. 1, n. 1-2, p. 36-61, 1951.
Introdução ao objetivismo crítico.  v. 2, n. 1, p. 48-76, jan./mar. 1952.
Lógica modal e dedução.  v. 5, n. 1, p. 60-68, jan./mar. 1955.
Diálogo sobre filosofia da ciência.  v. 17, n. 67, p. 305-315, jul./set. 1967.

CAPALBO, Creusa. 

A fenomenologia segundo Husserl.  v. 21,  n. 81, p. 39-46, jan./mar. 1971.
Filosofia e psicanálise.  v. 21, n. 83, p. 240-260, jul./set. 1971.
O conceito de grandeza negativa em Kant e a sobrevivência da filosofia.  v. 24, n. 96, p. 401-406, out./dez. 1974.
A historicidade segundo Merleau-Ponty.  v. 25, n. 100, p. 504-509, out./dez. 1975.
Fenomenolgia e psiquiatria.  v. 27, n. 106, p. 153-158, abr./jun. 1977.
Futurologia e filosofia : reflexões a partir do pensamento de Emmanuel Levinas.  v. 28, n. 110, p. 193-198, abr./jun. 1978.
A situação da filosofia no sistema brasileiro de ensino.  v. 30, n. 114, p. 213-218, abr./jun. 1979.
Filosofia, ciência e tecnologia.  v. 30, n. 117, p. 95-100, jan./mar. 1980.
Husserl e a lógica fenomenológica.  v. 31, 121, p. 14-18 jan./mar. 1981.
Fenomenologia e filosofia grega.  v. 33, n. 132, p. 424-428, out./dez. 1983.
Breve reflexão sobre pesquisa e ensino no âmbito da universidade.  v. 35, n. 139, p. 301-304, jul./set. 1985.
Valor, verdade e participação : traços fenomenológicos.  v. 34, n. 140, p. 394-399, out./dez. 1985.
A fenomenologia de Maurice-Ponty e de Edmund Husserl.  v. 35, n. 141, p. 7-21, jan./mar. 1986.
O pensamento de Merleau-Ponty sobre a fenomenologia de Husserl.  v. 35, n. 143, p. 216-222, jul./set. 1986.
O pensamento de Merleau-Ponty sobre a fenomenologia de Husserl.  v. 36, n. 145, p. 31-37, jan./mar. 1987.
A fenomenologia dialética do conhecimento e do vivido.  v. 37, n. 149, p. 16-30, jan./mar. 1988.
Merleau-Ponty e os inéditos de Husserl.  v. 37, n. 150, p. 131-140, abr./jun. 1988.
Da fenomenologia à ontologia indireta.  v. 38, n. 156, p. 323-333, out./dez. 1989.
A história do ser humano segundo Merleau-Ponty.  v. 39, n. 157, p. 3-17,  jan./mar. 1990.
Verdade e sujetividade no pensamento de Edmund Husserl.  v. 39, n. 167, p. 272-277, jul./set. 1992.
A fenomenologia e a questão do inconsciente.  v. 41 n. 170, p. 168-178, abr./jun. 1993.
A questão da neutralidade científica.  v. 41, n. 171, p. 293-298, jul./set. 1993.
Fenomenologia do direito.  v. 41, n. 172, p. 357-364, out./dez. 1993.
Identidade cultural afro-latina-americana; uma visão da filosofia da religião.  v. 41, n. 174, p. 202-208, abr./jun. 1994.
Natureza e vida em Maurice Merleau-Ponty.  v. 41, n. 176,  p. 429-438, out./dez. 1994.
Lembrando Voltaire.  v. 42, n. 177, p. 68-71, jan./mar. 1995.
A educação em questão: uma perspectiva filosófica inspirada da fenomenologia.  v. 43, n. 181, p. 46-56, jan./mar. 1996.
Antonio Paim e Kant.  v. 44, n. 186, p. 184-186, abr./jun. 1997.

CÁRDENAS, Horacio. 

A América Latina e a filosofia existencial.  v. 10, n. 4, p. 523-526, out./dez. 1960.

CARDOSO, Fátima.

1)Passado revisto.  v. 36, n. 145, p. 83-85, jan./mar. 1987.
2)História clara.  v. 37, n. 149, p. 69, jan./mar. 1988.

CARDOSO, Vicente Licínio.

1)Filosofia da arte.  v. 3, n. 3, p. 501-512, jul./set. 1953.

CARMELITA, Maria.

Reflexões sobre a epistemologia de Jacques Maritain.  v. 9, n. 3, p. 347-357, jul./set. 1959.

CARNEIRO JUNIOR, David.

1)  A teoria da abstração e o positivismo.  v. 44, n. 189, p. 45-56, jan./mar. 1998.

CARPEAUX, Otto Maria.

1) Notas sobre o destino do positivismo.  v. 5, n. 1, p. 120-125, jan./mar. 1955.

CARRION, Rejane Maria Machado.

1)  Linguagens formalizadas e ciências da natureza.  v. 26, n. 102, p. 208-222, abr./jun. 1976.

CARVALHO, Antônio Pinto de.

1)Idéia de humanidade.  v. 9, n. 2, p. 168-179, abr./jun. 1959.
2) Diagnóstico da filosofia contemporânea.  v. 10, n. 3, p. 355-361, jul./set. 1960

CARVALHO, Joaquim de.

1)Saber e filosofar.  v. 8, n. 4, p. 490-509, out./dez. 1958.

CARVALHO, José Maurício de.

A influência das tradições culturais luso-brasileiras no diálogo com Heidegger.  v. 41, n. 170, p. 179-193, abr./jun. 1993.
Gênese do democratismo lusobrasileiro.  v. 42, n. 179, p. 331-334, jul./set. 1995.
O pensamento filosófico de Miguel Reale.  v. 43, n. 183, p. 330-348, jul./set. 1996.
Delfim Santos e as trilhas do pensamento.  v. 44, n. 189, p. 57-77, jan./mar. 1998.
Eclosão no Brasil das vertentes positivistas.  v. 44, n. 191, p. 271-282, jul./set. 1998.
A filosofia política, Joaquim de Carvalho e a liberal democracia.  v. 45, n. 197, p. 92-112, jan./mar. 2000.
Mounier, a crise da civilização e a retomada da idéia de pessoa.  v. 50, n. 199, p. 334-349, jul./set. 2000.
Eclosão no Brasil das vertentes positivistas.  v. 50, n. 200, p. 469-482, out./dez. 2000.

CARVALHO, Ubirajara Calmon. 

Psicologia, moral e religião : Marc Oraison e a “moral para o nosso tempo”.  v. 35, n. 139, p. 285-291 jul./set. 1985.
O argumento ontológico em Kant e a 1ª via da demonstração de Deus em S. Tomás.  v. 35, n. 141, p. 22-42, jan./mar. 1986.

CASANOVA, Mário Leônidas.

1)  Centenário de Farias Brito.  v. 12, n. 47, p. 372-376, jul./set. 1962.

CASAS, Manuel Gonzalo. 

1)  La causa y la culpa.  v. 6, n. 2, p. 177-180, abr./jun. 1956.

CASTAGNOLA, Luís.

1)O existencialismo e a metafísica clássica.  v. 1, n. 4, p. 501-504, out./dez. 1951.

CASTAÑEDA, Hector-Neri.

1)El analisis de Platon de las relaciones y de los hechos relacionales en el Fedon.  v. 23, n. 89, p. 38-46, jan./mar. 1973.

CASTELLANA, Mario.

1)  Pour une histoire critique de l’epistemologie.  v. 44, n. 187, p. 352-365, jul./set. 1997.

CASTELLI, Enrico.

Critica del mondo moderno: il tempo esaurito.  v. 4, n. 2, p. 169-184, abr./jun. 1954.

CASTRO, Maria Lucia de.

1)  A relação dialogal como fundamento da significação: um convite ao aspecto pedagógico da obra de Martin Buber.  v. 45, n. 193, p. 103-116, jan./mar. 1999.

CAVALCANTI, Theóphilo. 

1)Nicolai Hartmann.  v. 1. n. 1-2, p. 183-186, 1951.

CAVALCANTI FILHO, Theóphilo. 

1)A filosofia jurídica de Farias Brito.  v. 3, n. 2, p. 225-241, abr./jun. 1953.
2) A obra administrativa do professor Miguel Reale.  v. 11, n. 42, p. 224-228, abr./jun. 1961.
3) A influência das idéias iluministas na estruturação do Estado brasileiro.  v. 13, n. 51, p. 319-333, jul./set. 1963.
4) Teoria tridimensional do direito.  v. 16, n. 62, p. 221-223, abr./jun. 1966.
5) O homem e o direito num congresso internacional.  v. 18, n. 72, p. 479-482, out./dez. 1968.
6) A revolta contra o formalismo jurídico e o problema da experiência.  v. 19, n. 74, p. 215-219, abr./jun. 1969.
7) A filosofia do novo código penal.  v. 20, n. 79, p. 296-303, jul./set. 1970.
8) A dissertação de 1770 e a formação do jovem Hegel.  v. 20, n. 80, p. 355-362, out./dez. 1970.
9) Um mestre de direito aos sessenta anos.  v. 20, n. 80, p. 536-538, out./dez. 1970.
10) George Lukács.  v. 21, n. 82, p. 200-201, abr./jun. 1971.
11) Romano Ingarden.  v. 21, n. 82, p. 201-202, abr./jun. 1971.
12) Uma edição crítica de Leviatan.  v. 21, n. 84, p. 447-448, out./dez. 1971.
13) A filosofia do direito no novo currículo jurídico.  v. 22, n. 88, p. 479-481, out./dez. 1972.
14) Subjetivismo e objetivismo no âmbito jurídico.  v. 23, n. 90, p. 200-204, abr./jun. 1973.
15) Morre Hans Kelsen.  v. 23, n. 90, p. 205-207, abr./jun. 1973.
16) Jacques Maritain.  v. 23, n. 90, p. 208-209, abr./jun. 1973.
17) Luís Recaséns Siches.  v. 27, n. 107, p. 234-239, jul./set. 1977.

CENEVIVA, Walter.

1)  O pensador Miguel Reale.  v. 50, n. 200, p. 429-430,  out./dez. 2000.

CÉSAR, Constança Marcondes.

As “reflexões” de Matias Aires.  v. 19, n. 73, p. 105-114, jan./mar. 1969.
Sobre o problema da origem da linguagem.  v. 19, n. 76, p. 484-489, out./dez. 1969.
O problemas filosófico dos métodos científicos : Gaston Bachelard.  v. 27, n. 107, p. 274-278, jul./set. 1977.
Aproximação a Heráclito.  v. 35, n. 142, p. 141-152, abr./jun. 1986.
Por uma poética do espaço.  v. 39, n. 157, p. 81-85, jan./mar. 1990.
Crítica e diferença em Heidegger.  v. 39, n. 161, p. 9-16, jan./mar. 1991.
A relação homem-natureza na filosofia brasileira contemporânea.  v. 39, n. 164, p. 259-271, out./dez. 1991.
Bachelard e seu tempo : o impacto filosófico da teoria da relatividade.  v. 42, n. 175, p. 268-281, jul./set. 1994.
Relativismo, ceticismo e antidogmatismo em Gaston Bachelard.  v. 41, n. 176, p. 448-452, out./dez. 1994.
Ética e política em Paul Ricoeur.  v. 42, n. 177, p. 51-59, jan./mar. 1995.
Valor epistemológico da prioridade do mito sobre o logos em Vicente Ferreira da Silva.  v. 42, n. 179, p. 261-284, jul./set. 1995.
Bachelard e as hermenêuticas contemporâneas.  v. 42, n. 180, p. 436-438, out./dez. 1995.
Ética e hermenêutica : a crítica do cogito em Paul Ricoeur.  v. 43, n. 184, p. 398-408, out./dez. 1996.
O problema da tolerância em Paul Ricoeur.  v. 44, n. 195, p. 296-305, jul./set. 1999.
Multiculturalismo : questões éticas.  v. 45, n. 197, p. 31-45 jan./mar. 2000.

CHACON, Vamireh.

Reflexões  sobre o humanismo marxista.  v. 5, n. 3, p. 432-454, jul./set. 1955.
Tridimensionalidade e culturalismo dialético.  v. 18, n. 72, p. 474-478, out./dez. 1968.
Machado de Assis e Renan.  v. 20, n. 78, p. 147-156, abr./jun. 1970.
Rosmini no Brasil.  v. 21, n. 83, p. 291-312, jul./set. 1971.
Elogio da história.  v. 23, n. 90, p. 172-179, abr./jun. 1973
Jansenismo e galicanismo no Brasil.  v. 23, n. 91, p. 268-287, jul./set. 1973.
A filosofia de Thomas Mann.  v. 25, n. 99, p. 297-306, jul./set. 1975.
Crise e esperança do ocidente em Heidegger.  v. 28, n. 109, p. 12-27, jan./mar. 1978.
Heidegger e a tragédia do ocidente.  v. 30, n. 113, p. 11-26, jan./mar. 1979.
Uma filosofia liberal do direito.  v. 31, n. 124, p. 286-313, out./dez. 1981.
Pensamento democrático.  v. 33, n. 132, p. 465-467, out./dez. 1983.
Tempo e vida de Dilthey.  v. 34, n. 134, p. 119-129, abr./jun. 1984.
Fontes alemãs do jovem Parsons.  v. 34, n. 137, p. 31-41, jan./mar. 1985.
Um culturalista humano.  v. 34, n. 140, p. 445-447, out./dez. 1985.
Luhmann e o poder.  v. 35, n. 144, p. 318-327, out./dez. 1986.
A eslavofilia da Escola do Recife.  v. 38, n. 156, p. 355-359, out./dez. 1989.
Recepção de Ortega y Gasset na Hungria.  v. 39, n. 159, p. 282-283, jul./set. 1990.
A antropologia filosófica de Gilberto Freyre.  v. 39, n. 166, p. 112-117, abr./jun. 1992.
A descoberta de Lukács no Brasil.  v. 40, n. 168, p. 416-422, out./dez. 1992.
Marx e Israel : o dilema de Walter Benjamin.  v. 41 n. 170, p. 130-137, abr./jun. 1993.
A recepção da Escola de Frankfurt no Brasil.  v. 41, n. 176, p. 453-457, out./dez. 1994.
A recepção de Carl Schmitt no Brasil.  v. 47, n. 185, p. 55-66, jan./mar. 1977.
Paixão e existencialismo em Jackson de Figueiredo.  v. 44, n. 190, p. 163-168, abr./jun. 1998.
A polemologia do idealismo alemão.  v. 44, n. 195, p. 334-343, jul./set. 1999.
A filosofia em Nabuco.  v. 51, n. 203, p. 316-321, jul./set. 2001.

CHAGAS, Wilson.

1)  Conceito finalístico do direito.  v. 13, n. 51, p. 345-355, jul./set. 1963.
2) Da conversão filosófica.  v. 14, n. 55, p. 428-438, jul./set. 1964.
3) Da difícil maturidade.  v. 14, n. 56, p. 509-521, out./dez. 1964.
4) Da interpretação judicial da lei.  v. 18, n. 70, p. 173-176, abr./jun. 1968.

CHAMIE, Mário.

1)  Imagem e conceito.  v. 34, n. 140, p. 444-445, out./dez. 1985.

CHAMPLIN, Russel N.

1) O campo para-eletro-magnético e algumas noções filosóficas da alma.  v. 20, n. 77, p. 84-104, jan./mar. 1970.

CHAVES, Antonio Marcos.

1) Heller e Habermas : a questão do destinatário da teoria.  v. 43, n. 184, p. 419-435, out./dez. 1996.

CHEDIAK, Karla.

Diferença e virtualidade.  v. 44, n. 187, p. 366-374, jul./set. 1997.

CHISHOLM, Roderick M. 

1)Psychophysics and structural similarity.  v. 1, n. 1-2, p. 31-35, 1951.

CIARDO, Manlio. 

1) Storicismo e umanismo nella filosofia di Benedetto Croce.  v. 5, n. 4, p. 503-509, out./dez. 1955.

CICCO, Cláudio de.

1)A filosofia de Augusto Comte e o movimento republicano no Brasil : a erosão do modelo positivista de regeneração.  v. 39, n. 157, p. 57-80, jan./mar. 1990.
2) A justiça e o direito moderno.  v. 39, n. 162, p. 146-150, abr./jun. 1991.
3) Dante visto por Kelsen.  v. 40, n. 168, p. 436-439, out./dez. 1992.

CINTRA, Benedito Eliseu Leite.

1)Emmanuel Lévinas o prefácio de “totalité et infini”.  v. 43, n. 184, p. 436-468, out.dez. 1996.
2) Emmanuel Lévinas o prefácio de “totalité et infini”.  v. 47, n. 185, p. 67-94, jan./mar. 1997.
3) Duas notas sobre Emmanuel Lévinas.  v. 44, n. 192, p. 428-446, out./dez. 1998.

CLOTET, Joaquim.
A ambigüidade da questão sobre “É” e “Deve” na filosofia moral de David Hume.  v. 41, n. 169, p. 54-63, jan./mar. 1993.

COELHO, Inocêncio M. 

1)  A questão das fontes do direito na perspectiva do tridimensionalismo jurídico concreto.  v. 23, n. 92, p. 363-377, out./dez. 1973.

COELHO, Jacinto do Prado. 

O humanismo de Matias Aires : entre o cepticismo e a confiança.  v. 15, n. 57, p. 3-7, jan./mar. 1965.

COELHO, Luiz Fernando.

Verdade e validez da norma jurídica.  v. 27, n. 105, p. 36-50, jan./mar. 1977.
Dialética e modelo em Reale.  v. 33, n. 132, p. 397-423 out./dez. 1983.
A pós-história da jusfilosofia.  v. 39, n. 162, p. 122-145,  abr./jun. 1991.

COMNENO, Constantino Láscaris.

1)Continentalização e universalização da razão.  v. 10, n. 2, p. 254-257, abr./jun. 1960.

CONI, Antônio Caldas.

1)  Justiniano da Silva Gomes : pioneiro do positivismo no Brasil.  v. 15, n. 59, p. 383-386, jul./set. 1965.

CORBISIER, Margarida.

1)   Certeza e crítica.  v. 2, n. 3, p. 507-515, jul./set. 1952.
2) Nietzsche e o processo da moral.  v. 6, n. 3, p. 394-405, jul./set. 1956.

CORBISIER, Roland.

1) Situação e problemas da pedagogia.  v. 2, n. 2, p. 219-235, abr./jun. 1952.
2) A introdução à filosofia como problema.  v. 2, n. 4, p. 668-678, out./dez. 1952.
3) Significação da idéia de mundo e de crise.  v. 3, n. 3, p. 422-436, jul./set. 1953.
4) Dialética e crise do capitalismo.  v. 4, n. 2, p. 209-231, abr./jun. 1954.

CORRÊA, Alexandre Augusto de Castro.

1)Marxismo e filosofia burguesa.  v. 1, n. 4, p. 483-489, out./dez. 1951.
2) Experiência filosófica.  v. 4, n. 3, p. 406-412, jul./set. 1954.
3) O natural e o sobrenatural em S. Agostinho.  v. 4, n. 4, p. 484-490, out./dez. 1954.
4) Jackson de Figueiredo filósofo.  v. 18, n. 70, p. 210-217, abr./jun. 1968.
5) Notas à margem da “fenomenologia do espírito”, de Hegel.  v. 34, n. 138, p. 180-184, abr./jun. 1985.

COSSIO, Carlos.

1) A atual estrutura do ocidente.  v. 2, n. 1, p. 38-47, jan./mar. 1952.
2) La norma y el imperativo en Husserl : notas analíticas para su estudio.  v. 10, n. 1, p. 43-90, jan./mar. 1960.
3) Carta a Miguel Reale.  v. 11, n. 44, p. 510, out./dez. 1961.
4) Poesia e filosofia : a propósito de Poemas do Amor e do Tempo de Miguel Reale.  v. 16, n. 62, p. 203, abr./jun. 1966.

COSTA, Amoroso.

Kant e as ciências exatas.  v. 6, n. 2, p. 255-262, abr./jun. 1956.

COSTA, Carlos.

Filosofia e sociologia do conhecimento.  v. 22, n. 86, p. 185-194, abr./jun. 1972.
O dualismo ciências humanas – ciências naturais : proposição fenomenológica.  v. 24, n. 93, p. 52-58, jan./mar. 1974.
Possibilidade e limites de uma sociologia fenomenológica.  v. 30, n. 118, p. 165-179, abr./jun. 1980.
A fenomenologia e o significado da ciência.  v. 34, n. 138, p. 149-160, abr./jun. 1985.
O método e a praxis da ciência.  v. 35, n. 141, p. 43-49, jan./mar. 1986.

COSTA, Hipólito da.

1)  Silvestre Pinheiro Ferreira.  v. 16, n. 63, p. 403-420, jul./set. 1966.

COSTA, João Cruz.

1) História das idéias e valores.  v. 10, n. 4, p. 527-530, out./dez. 1960.

COSTA,  J. Silveira da.

1)Ética e ideologia do desenvolvimento em A. Vieira Pinto.  v. 36 n. 146, p. 125-139, abr./jun. 1987.

COSTA, Márcio.

1)  O problema antropológico em Platão.  v. 45, n. 197, p. 56-73, jan./mar. 2000.

COSTA, Newton Carneiro Affonso da.

1)Uma questão de filosofia da matemática.  v. 6, n. 3, p. 381-385, jul./set. 1956.
2)O Estado atual da filosofia da matemática.  v. 7, n. 3, p. 303-311, jul./set. 1957.
3)Sobre a teoria lógica da linguagem.  v. 8, n. 1, p. 58-70, jan./mar. 1958.
4)O significado da obra de Kurt Gödel para os fundamentos da matemática.  v. 9, n. 3, p. 310-319, jul./set. 1959.
5) Nota sobre o conceito de contradição.  v. 10, n. 2, p. 189-191, abr./jun. 1960.
6) Sobre a natureza dos juízos matemáticos.  v. 12, n. 46, p. 207-208, abr./jun. 1962.
7) A situação atual da teoria dos conjuntos.  v. 13, n. 52, p. 529-534, out./dez. 1963.
8) Vicente Ferreira da Silva e a lógica.  v. 14, n. 56, p. 499-508, out./dez. 1964.
9) Conceituação de filosofia científica.  v. 17, n. 66, p. 140-145, abr./jun. 1967.
10) A obra de Vicente Ferreira da Silva em Lógica.  v. 41, n. 174, p. 165-169, abr./jun. 1994.
11) A filosofia da lógica de Francisco Miró Quesada.  v. 42, n. 175, p. 293-302, jul./set. 1994.
12) O pensamento visto por ele mesmo.  v. 45, n. 197, p. 113-125, jan./mar. 2000.

COSTA, Uriel da.

Exemplo da vida humana.  v. 12, n. 47, p. 357-371, jul./set. 1962.

COSTA JUNIOR, Olimpio. 

1)  Duas concepções fenomenológicas do direito : paralelo entre Miguel Reale e Carlos Cossio.  v. 25, n. 97, p. 91-103, jan./mar. 1975.

COUTINHO, Afrânio.

1) As Faculdades de Filosofia.  v. 6, n. 3, p. 426-427, jul./set. 1956.

CRETELLA JÚNIOR, José.

1)“Pluralismo e liberdade” de Miguel Reale.  v. 15, n. 57, p. 70-77, jan./mar. 1965.

CRIPPA, Adolpho.

1)  Mito e destino cultural.  v. 30, n. 114, p. 124-137, abr./jun. 1979.

CUNHA, Euclides da.

Da relatividade de nossos conhecimentos.  v. 1, n. 3, p. 345-349, 1951.
A verdade e o erro.  v. 9, n. 3, p. 399-403, jul./set. 1959.
A idéia do ser.  v. 9, n. 3, p. 409-418, jul./set. 1959.

CUNHA, Fernando Whitaker da.

Nelson Saldanha : culturologia e valor.  v. 38, n. 156, p. 360-364, out./dez. 1989.
Aspectos sócio-filosóficos de Pontes de Miranda.  v. 39, n. 167, p. 278-281, jul./set. 1992.
Joaquim de Carvalho e o liberalismo democrático.  v. 41, n. 172, p. 417-419, out./dez. 1993.
Pensamento hermenêutico e história.  v. 44, n. 195, p. 351-371, jul./set. 1999.

 

CUNHA, Maria Helena Lisboa da.

Binômio psique-matéria e suas implicações éticas, na psicologia analítica de C. G. Jung.  v. 40, n. 165, p. 71-75, jan./mar. 1992.
Conferência : arte e existência, Nietzsche e Van Gohg.  v. 41, n. 171, p. 299-305, jul./set. 1993.

CZERNA, Renato Cirell.

Liberdade e legalidade : reflexões acerca de uma passagem do “De Hominis Dignitate”. v. 1, n. 1-2, p. 120-144, 1951.
Existencialismo e filosofia do espírito.  v. 1, n. 4, p. 494-500, out./dez. 1951.
Temporalidade e experiência ética.  v. 2, n. 2, p. 236-277, abr./jun. 1952.
Reflexões sobre o problema do “meta-histórico”.  v. 3, n.1, p. 44-67, jan./mar. 1953.
Benedetto Croce : (1865-1952).  v. 3, n. 1, p. 132-141, jan./mar. 1953.
Historicismo e existencialismo na Itália : à margem de um artigo de Luigi Quattrocchi.  v. 3, n. 1, p. 160-164, jan./mar. 1953.
Reflexões sobre “Deus presente” e “Deus futuro” em Maria Rilke.  v. 3, n. 4, p. 613-634, out./dez. 1953.
Herbert Parentes Fortes (1897-1953).  v. 3, n. 4, p. 695-696, out./dez. 1953.
A vida como amor.  v.3, n. 4, p. 699-719, out./dez. 1953.
A filosofia e os artistas : dialogo amigável entre um filosofo e um artista plástico.  v. 4, n. 3, p. 372-386, jul./set. 1954.
Criticismo ontognoseológico e tridimensionalidade.  v. 5, n. 1, p. 73-101, jan./mar. 1955.
Sobre o conceito de logos em Schelling e Rosmini.  v. 5, n. 4, p. 579-592, out./dez. 1955.
A experiência romântica em Kierkegaard e Hegel.  v. 6, n. 1, p. 38-58, jan./mar. 1956.
Sobre alguns aspectos do problema da positividade histórica do cristianismo em Shelling e Hegel.  v. 6, n. 4, p. 508-522, out./dez. 1956.
Notas sobre o problema da certeza no direito.  v. 7, n. 4, p. 420-447, out./dez. 1957.
A filosofia italiana no Brasil.  v. 8, n. 4, p. 457-463, out./dez. 1958.
A dialética de implicação e polaridade no criticismo ontognoseológico.  v. 11, n. 42, p. 248-255, abr./jun. 1961.
“Constantes” do pensamento contemporâneo em suas raízes históricas.  v. 12, n. 45, p. 37-50, jan./mar. 1962.
Funcionalidade histórico-cultural e antiformalismo.  v. 19, n. 74, p. 179-202, abr./jun. 1969.
Conferido a Vicente Ferreira da Silva o “Prêmio Moinho Santista” de Filosofia.  v. 20, n. 79, p. 243-249, jul./set. 1970.
Lógica e história na visão hegeliana : a propósito de algumas interpretações formalistas.  v. 20, n. 80, p. 420-452, out./dez. 1970.
Reflexões sobre criticismo transcendental e processo histórico.  v. 25, n. 97, p. 36-64, jan./mar. 1975.
Sobre neo-hegelianismo atualista e o “processo ao subjetivismo ocidental”: aforismas e notas fragmentárias.  v. 26, n. 102, p. 135-166, abr./jun. 1976.
Sobre o panteismo hegeliano entre Berna e Frankfurt : análise crítica de algumas interpretações.  v. 35, n. 144, p. 267-292, out./dez.  1986.
Sobre o panteismo hegeliano entre Berna e Frankfurt : análise crítica de algumas interpretações.  v. 36, n. 145, p. 3-24, jan./mar. 1987.
Sobre a presença da Kabbala na última filosofia de Schelling.  v. 41 n. 170, p. 97-116, abr./jun. 1993.
A melancolia de Albrecht Dürer.  v. 42, n. 179, p. 300-309, jul./set. 1995.
Miguel Reale e o historicismo contemporâneo.  v. 42, n. 180, p. 396-405, out./dez. 1995.
Miguel Reale e a cultura contemporânea.  v. 47, n. 185, p. 27-46, jan./mar. 1997.
Sobre a noção de “sagrado” e suas conexões com algumas formas místicas.  v. 44, n. 186, p. 213-235, abr./jun. 1997.
Sobre a noção de “sagrado” e suas conexões com algumas formas místicas.  v. 44, n. 187, p. 319-334, jul./set. 1997.
A razão e o sagrado.  v. 44, n. 191, p. 326-332, jul./set. 1998.
Ainda sobre “racional”, “não racional” e a experiência religiosa.  v. 45, n. 193, p. 3-33, jan./mar. 1999.
Goethe, a Grécia e o historicismo : aforismas para a revisão de uma imagem de Goethe.  v. 44, n. 195, p. 267-295, jul./set. 1999.
Conversando com Luigi Bagolini.  v. 44, n. 196, p. 502-513, out./dez. 1999.
Heráclito, Parmênides e Hegel : notas e reflexões recorrentes sobre Heráclito e Parmênides com referência à interpretação hegeliana.  v. 51, n. 201, p. 21-47, jan./mar. 2001.
Heráclito, Parmênides e Hegel : notas e reflexões recorrentes sobre Heráclito e Parmênides com referência à interpretação hegeliana.  v. 51, n. 202, p. 155-176, abr./jun.. 2001

DELORENZO NETO, A.

Em busca de uma filosofia de educação : da Faculdade isolada à Universidade.  v. 35 n. 142, p. 132-140, abr./jun. 1986.
Reflexões sobre o direito e a civilização.  v. 36, n. 146, p. 140-148, abr./jun. 1987.

DIO, Renato Alberto T. Di.

1)   Os filósofos a “Escola Romana”.  v. 15, n. 58, p. 189-206, abr./jun. 1965.
2)  Anotações pedagógicas à margem da  “comédia”.  v. 15, n. 60, p. 561-569, out./dez. 1965.
Influências  em Mcluhan.  v. 23, n. 90, p. 135-149, abr./jun. 1973.

DIONÍSIO, Sant’Anna.

1)Centenário de Sampaio Bruno.  v. 7, n. 2, p. 249-251, abr./jun. 1957.
2) A morte de Sócrates.  v. 10, n. 2, p. 173-178, abr./jun. 1960.
3) Sabedoria cartesiana.  v. 12, n. 46, p. 147-150, abr./jun. 1962.
4) Um vulto do pensamento português de há um século.  v. 17, n. 66, p. 194-196, abr./jun. 1967.
5) O sonho de Junqueiro.  v. 17, n. 68, p. 472-475, out./dez. 1967.
6) Uma intuição genial de Schopenhauer acerca do sentido essencial da música.  v. 19, n. 73, p. 82-86, jan./mar. 1969.
7) Bertrand Russell.  v. 20, n. 79, p. 320-324, jul./set. 1970.
8) Noção de filósofo.  v. 22, n. 86, p. 202-204, abr./jun. 1972.
9) A pressuposta serenidade helênica.  v. 23, n. 90, p. 168-171, abr./jun. 1973.
10) Lei do silêncio.  v. 25, n. 100, p. 444-447, out./dez. 1975.

DONZELLI, Telma Aparecida.

Filosofia da forma e materialismo.  v. 30, n. 115, p. 334-337, jul./set. 1979.

DOREA, Gumercindo Rocha.

1)  Um congresso no momento oportuno.  v. 35, n. 144, p. 358-359, out./dez.  1986.

DÓRIA, Francisco Antônio.

1)Cibernética & divisão do trabalho.  v. 18, n. 71, p. 305-310, jul./set. 1968.

DOTTI, René Ariel.

1)  As dimensões da existência em Miguel Reale.  v. 50, n. 200, p. 426-428, out./dez. 2000.

DUBIKAJTIS, Lech.

1)  Uma operação única para a lógica modal S5.  v. 27, n. 108, p. 360-366, out./dez. 1977.

DUMÉRY, Henry

1)Maurice Blondel ou a filosofia da ação.  v. 4, n. 3,  p. 359-371, jul./set. 1954.

DUPUY-QUEREL, Henri.

La vision teilhardienne du monde et le problème de l’homme.  v. 8, n. 4, p. 401-415, out./dez. 1958.
La revolution selon Emmanuel Mounier.  v. 10, n. 1, p. 3-42, jan./mar. 1960.
De la methode philosophique chez Saint Augustin.  v. 11, n. 41, p. 25-48, jan./mar. 1961.
De la methode philosophique chez Saint Augustin.  v. 11, n. 43, p. 363-384, jul./set. 1961.

DUQUE, Augusto.

Presença de Miguel Reale.  v. 11, n. 42, p. 263-264, abr./jun. 1961.

DUTRA, Pedro.

Correspondência : Jackson de Figueiredo e Alceu  Amoroso Lima.  v. 39, n. 167, p. 294-299, jul/set. 1992.
DUVAL, Gaston.

1)  Silogismos particulares de Aristóteles : uma interpretação diferente.  v. 44, n. 190, p. 202-210, abr./jun. 1998.